22.4.10

Margaret Fulton, a culinarista que revolucionou a Austrália

Foto: Sydney Morning Herald

Ao passo que Jamie Oliver tem seus méritos ao mudar a alimentação nos colégios britânicos, outra britânica há muitos anos atrás fez o mesmo ao mudar a alimentação de um país inteiro.

Ela é Margaret Fulton, uma escocesa nascida em 1924 que mudou-se ainda jovem para a Austrália e tornou-se uma espécie de ‘guru’ do mundo dos talheres.

Escritora, autora, jornalista e comentarista, ela é a pioneira a escrever sobre alimentação e gastronomia na Austrália.

Com artigos mensais na revista “Women’s Day Magazine”, ela mudou a mentalidade das donas de casa australianas e conseguiu substituir as “chatas” refeições de “Carne + 3 vegetais” para pratos mais criativos e elaborados, com influências espanholas, italianas, indianas e chinesas, países onde Margaret viajava frequentemente e sempre trazia novidades.

Hoje, aos 86 anos, ela já escreveu mais de 20 livros de gastronomia, sendo que o primeiro, The Margaret Fulton Cookbook de 1968 vendeu mais de 1.5 milhão de cópias e continua sendo reimpresso…  Algo comparado com o nosso livro “Dona Benta”.

Por todo seu mérito em transformar a gastronomia Australiana, influenciando, pesquisando e sobretudo ensinando, em 1983 recebeu a Medalha da Ordem Australiana, é considerada um Tesouro Nacional Australiano e é uma das 100 pessoas mais influentes da Austrália pelo ranking do jornal “Sydney Morning Herald”.

Estou testando algumas receitas da Margaret e em breve colocarei aqui as que eu mais gostei.

Labels: