29.6.09

Espinafre!

espinafre

Eu amo espinafre. Hoje no almoço, por sinal, tivemos espinafre. Quem fez foi minha mãe, mas ela comete um erro que a maioria das pessoas tb cometem: ela cozinha em água.

Na verdade não chega a ser um erro. Talvez um desperdício de vitaminas e minerais. Quando você cozinha o espinafre, a água vira um chá das folhas... cheia de vitaminas e minerais importantes para o corpo, como cálcio, ferro, fósforo, vitamina A e vitaminas do complexo B. Essa água muitas vezes é jogada fora.

Para preservar as propriedades do espinafre, eu preparo da seguinte forma:

Lavo um maço de espinafre. Numa panela, coloco um pouco de azeite ou margarina e refogo um dente de alho. Jogo o espinafre nessa panela e mexo por 1 minuto. Jogo uma colher de sopa de suco de limão e um pouco de noz moscada. Mexo por mais 2 minutos, até as folhas murcharem. Acerto o sabor com um pouco de sal e pronto!

Com isso, o sabor fica muito melhor, preservando não só a cor mas todos os benefícios do espinafre.

Não se perde nada e fica uma delícia!

 

10.6.09

Coisas que facilitariam o mundo

- Sachês de chá deveriam ter um pesinho para afundar na água quente e não ficar boiando na superfície.

- Tampas metálicas de iogurte deveriam ter aquela fita vermelha para abrir sem derramar ou espirrar pra fora do potinho.

- Ticket free-pass para reuniões de embaixadores só pra gente se empanturrar de Ferrero Rocher!

9.6.09

1000 coisas para comer antes de morrer

#0008 Sirop d'Érable / Maple Syrup

maple syrup 

Elaborado com a seiva da árvore de bordo (aquela da bandeira do Canadá), o Sirop D'Érable ou Maple Syrup como é conhecido na parte inglesa do Canadá é uma das maravilhas da culinária internacional.

A seiva é cozida e fica tão doce e perfumada que casa perfeitamente com doces ou pratos salgados.

Os primeiros a descobrirem essa iguaria foram os índios do leste do Canadá, que usavam como adoçante e tempero em diversos alimentos. Para prepará-los, retiravam a seiva das árvores de bordo e jogavam pedras incandescentes dentro de recipientes de madeira para reduzir a seiva a um xarope.

Quebéc, como não poderia deixar de ser, é o maior produtor mundial de Sirop D'Érable.

Para se fazer 1 litro de xarope, são necessários 40 de seiva.

E é tão gostoso que em Quebéc é atração turística: joga-se o Sirop D'Érable na neve e enrolasse com um palito para formar um pirulito. Até tirei uma foto de um senhor que fazia, quando visitei Quebéc:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Mas cuidado, não confunda com o maple americano. Geralmente é feito de milho e não o mesmo sabor!

E, claro, não volte do Canadá sem antes trazer o verdadeiro Sirop d'Érable ou Maple Syrup na mala!

Labels:

2.6.09

À procura do bolo de chocolate perfeito

Não há quem resista a um gostoso bolo de chocolate. Seja lambendo o dedo com o que restou na batedeira, seja no cheirinho acolhedor do bolo no forno ou ainda comendo aquela ponta  do bolo na assadeira, onde caiu mais cobertura!

Minha mãe sempre fez os bolos de chocolates mais famosos da família. Os bolos são sensacionais. Ainda vou pegar a receita e postar aqui.

Mas o fato é que andei procurando receitas boas de bolo de chocolate para fazer em casa.

A tentativa de hoje é sobre...

... O (quase) sensacional bolo de chocolate da Nigella Lawson!

E lá fui eu tentar fazer o bolo de chocolate da Nigella!

Eis o resultado primeiro:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Agora, a receita original:

Ingredientes
Massa:

- 400g de farinha
- 250g de açúcar
- 100g de açúcar mascavo 
- 50g de chocolate em pó
- 2 colheres de sopa de fermento
- 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio
- ½ colher de sopa de sal 
- 3 ovos 
- 142ml de creme de leite 
- 1 colher de sopa de extrato de baunilha
- 175g de manteiga sem sal, derretida e fria 
- 125ml de óleo de milho
- 300ml de água gelada

Cobertura:

- 175g de chocolate meio amargo
- 250g de manteiga sem sal
- 275g de açúcar para cobertura
- 1 colher de sopa de extrato de baunilha

Modo de fazer
Pré-aqueça o forno a 180ºC. 
Num recipente, misture a farinha, os açúcares, o chocolate, o fermento, o bicarbonato e o sal. Em outro recipiente, misture os ovos, o creme de leite e a baunilha.
Com uma batedeira, misture a manteiga derretida e o óleo de milho até que se misturem, em seguida adicione a água e os ingredientes secos. Misture devagar.
Adicione a mistura com ovo, e misture novamente. Coloque nas formas untadas previamente. Cozinhe os bolos por cerca de 50 minutos e deixe que esfriem em suas formas por 15 minutos antes de retirá-los.

Para fazer a cobertura, derreta o chocolate no micro-ondas ou em banho-maria e deixe esfriar um pouco. 
Em outro recipiente, bata a manteiga até que esteja cremosa, adicione o açúcar para cobertura e bata novamente até que a mistura fique leve. Em seguida adicione a baunilha e o chocolate e misture. Coloque 1/4 dessa mistura no meio dos dois bolos e o restante no topo, alisando com uma espátula.

Minhas observações:
- Meu bolo ficou levemente salgado. Faça com bem menos sal do que pede a receita (lembre-se que o bicarbonato é salgado tb).
- 142ml de creme de leite  = uma lata sem soro. Pode medir!
- Utilizei óleo de nozes. Mas pode usar outros óleos também. Utilize os saudáveis e evite azeite de oliva por ter sabor acentuado.

Como deixar o bolo com mais cara da Nigella:
- Prove a massa com o dedo ainda quando estiver batendo. Depois prove de novo sem lavar o dedo!
- Coloque muita cobertura e muito recheio.
- Assalte a geladeira as 3h da manhã para comer o bolo

O bolo ficou bem gostoso! Mas ainda não é a cara daquele bolo gostoso e aconchegante de um dia frio e ainda leva muitos ingredientes! Mas vale muito a pena. :)